Posts com Tags tratamento

Ovários policísticos e infertilidade

ovariospolicisticosNeste segundo semestre, foi publicado um consenso para a Organização Mundial de Saúde sobre o manejo da infertilidade em pacientes com síndrome dos ovários policísticos (SOP). Seguem abaixo as principais conclusões.

A SOP é a desordem hormonal mais comum em mulheres e contribui com 80% dos casos de infertilidade feminina por causa ovulatória. Para que seja feito o diagnóstico, é necessário que estejam presentes pelo menos dois dos três achados: ausência de ovulação, ecografia mostrando ovários policísticos e sinais clínicos ou laboratoriais de hiperandrogenismo (excesso de testosterona).

Continue a ler o texto…

Tags: , , , , , , , , , , ,

Fertilização in vitro é alternativa para mulheres que adiam a maternidade

fertilizacao-invitroEm primeiro lugar, a carreira acadêmica e profissional. Depois, a maternidade. Essa é uma tendência cada vez mais comum entre as mulheres, influenciada também pela evolução das técnicas de reprodução humana, como a fertilização in vitro (FIV) que eleva em até 25% as chances de uma gravidez.

Para as mulheres que adiam a maternidade e querem engravidar após os 35 anos, além de mulheres e casais com dificuldades para engravidar, a FIV é a principal alternativa. A técnica consiste na retirada dos óvulos da mulher que serão fertilizados em laboratório com o sêmen do companheiro.

No laboratório, a fecundação é realizada em um ambiente que simula o das trompas. Depois disso, os embriões são transferidos ao útero materno onde a gravidez transcorrerá normalmente se o tratamento de FIV for bem-sucedido. A última etapa (transferência de embriões), especialmente, exige uma série de cuidados para o sucesso do tratamento, como, por exemplo, manter o peso ideal, alimentação saudável e evitar cigarro e bebidas alcoólicas.

Congelamento de óvulos

Aliado à FIV, o congelamento de óvulos é uma alternativa para as mulheres que pretendem engravidar após os 35 anos. Para aumentar as chances, essa técnica permite que sejam retirados os óvulos em uma idade em que eles são mais sadios (até os 25 anos) para que sejam usados no futuro.

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Cigarro reduz as chances de engravidar

Clínica Segir - Cigarro reduz as chances de engravidarNesta sexta-feira, 29, em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Fumo, é importante conscientizar que, além de causar problemas respiratórios e cardiovasculares, o fumo também está associado à infertilidade de casais. Pode, inclusive, prejudicar casais em tratamento para fertilização.

Um estudo realizado pela Oxford University, há alguns anos, demonstrou que o impacto gerado pelo cigarro nas reproduções assistidas é muito significativo. Por isso, quem deseja ter um bebê, deve parar imediatamente de fumar. Nas mulheres, o tabaco está associado à redução da produção de óvulos e ainda ao aumento das taxas de insucesso da fertilização in vitro, em função do maior risco de hemorragias, infecções da pélvis e partos prematuros.

Nos homens, o fumo pode acarretar diminuição na contagem de espermas e no aumento de gametas defeituosos. Segundo pesquisas, 10% da população tem dificuldade de engravidar. Nos Estados Unidos, 2,7 milhões de casais em idade reprodutiva são inférteis, sendo que o tabagismo é uma das principais causas para o crescimento desses índices em todo o mundo, inclusive o Brasil.

Em caso de gravidez, o fumo também pode prejudicar o bebê. Pois a chance dele nascer antes do tempo e com baixo peso são maiores quando os pais são fumantes. No futuro, a criança pode apresentar maior propensão a problemas como asma, bronquite, pneumonia e infecções no ouvido. As bebês meninas costumam sofrer ainda mais os malefícios do tabagismo. Isso ocorre porque o sistema reprodutor feminino pode acabar recebendo os impactos das toxinas presentes no cigarro desde muito cedo.

– Tratamento para engravidar. Vale ressaltar que, caso o parceiro da mulher seja fumante, a fertilização será prejudicada pelo fato de a mulher ser fumante passiva. Por isso, o ideal é que o casal adote hábitos saudáveis: pare de fumar, tenha uma alimentação rica em frutas e legumes e pratique exercícios físicos regularmente. Assim, o organismo fica fortalecido para gerar a criança.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Doença celíaca e reprodução

Clínica Segir - Doença celíaca e reproduçãoA doença celíaca (DC) é uma desordem autoimune causada por uma resposta imunológica anormal a dietas que contêm proteínas do trigo, cevada e centeio, em indivíduos geneticamente suscetíveis.

A DC ocorre em adultos e crianças em aproximadamente 1% da população, mas somente 20 a 50% dos indivíduos afetados relatam sintomas. Os sintomas clássicos incluem diarreia crônica, distensão abdominal, fadiga, náuseas, vômitos e anemia.

Continue a ler o texto…

Tags: , , , , , , , ,

HIV e reprodução

Clínica Segir - HIV e reproduçãoA AIDS foi descrita pela primeira vez em 1981 nos Estados Unidos. Desde então, mais de 75 milhões de pessoas já contraíram o vírus e hoje existem mais de 35 milhões vivendo com HIV/AIDS. Mais de 80% destas pessoas infectadas com HIV são jovens, com idade entre 15-44 anos, e, portanto, em idade reprodutiva.

Graças aos avanços no diagnóstico e no tratamento, ser portador do vírus do HIV não é mais uma sentença de morte. Assim, estes pacientes vivem muito mais do que antes, planejam filhos e têm parceiros que muitas vezes não são HIV positivos.

Continue a ler o texto…

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,